Como Fazer Inversão de Acordes? Qual Sua Importância? (O Guia Definitivo)

Já ouviu falar sobre inversão de acordes? Já começou a estudar inversões? Com certeza você deve ter visto algum tecladista ou pianista tocando e provavelmente reparou que as mãos deles na maior parte do tempo parece não sair do lugar.

Eles praticam a coerência harmônica e melódica e fazem isso utilizando as inversões de acordes depois de estudar bastante sobre teoria musical.

Mais conhecimento sobre tocar teclado

#1 Para Que Serve a Inversão de Acordes: Coerência na Melodia e Harmonia

Vou responder isso falando em tríades inicialmente, quando aprendemos a formação dos acordes normalmente visualizamos eles na posição fundamental.

Conheça o E-Book Manual: A Forma Correta de Estudar Escalas Naturais.

Identificamos essa posição para qualquer acorde quando a 1º nota do acorde é a nota que dá o nome ao acorde.

Por exemplo, quando você toca a tríade de C, composta por C-E-G, e a notinha C é a primeira significa que o acorde está na posição Fundamental.

Existem outras 2 inversões de acordes e o aprendizado destas duas elevará seu conhecimento e trará uma maior fluidez como tecladista.

Vamos ver isso?

As inversões de acordes visam aproximar os acordes no menor espaço possível.

Já imaginou tocar uma música inteira em uma oitava somente? Você vai conseguir fazer isso e muito, quando praticar e dominar as inversões.

Nas inversões de acordes, não existe muito isso de estar tocando certo ou errado quando toca os acordes nas posições fundamentais e sim se está lindo e prazeroso de se escutar.

Pensando dessa forma fica fácil buscar a maneira mais agradável possível de tocar.

Aproximando todos os acordes numa música você perceberá que ela terá muito mais coerência para você e para seu ouvinte.

Quanto mais próximo for a troca de acordes numa música, menor será o impacto na melodia reproduzida através da notinha mais aguda tocada no acorde.

Chamamos isso de melodia na ponta.

Aplicando esse aprendizado, as trocas de notas não afetarão a melodia reproduzida pela voz ou por um solo de outro instrumento.

#2 Para Que Serve o Acorde Invertido: Economizar Tempo e Energia

Uma das vantagens de conhecer e tocar utilizando acordes invertidos é que desta forma você ganha muito tempo quando sai de um acorde para o outro enquanto lê uma cifra.

Leia também: Como estudar música sozinho!

Dessa forma você consegue tocar um acorde e já pensar no próximo de maneira mais assertiva e com qualidade, porque com a inversão de acordes a próxima nota já estará embaixo da sua mão.

#3 Inversão de Acordes em Cifras e Partituras

Um dos pontos fracos das cifras é o fato dela não descrever ao músico as corretas ordens das “vozes” expressadas por teclas e cordas.

A letrinha da cifra, simplesmente está em cima de alguma palavra e isso não nos diz a inversão do acorde que mais trará beleza harmônica na música.

Na partitura, o compositor escreve e reproduz perfeitamente as inversões de acordes entre os compassos, e as posições destes acordes tem que ser obedecidas pelos músicos.

Repare nos compassos da partitura exemplo abaixo:

O primeiro destaque apresenta o C na posição fundamental e o segundo destaque mostra o C na 2ª inversão.

Inversões de Acordes

Com isso, o compositor consegue que a reprodução da sua obra seja fiel a sua composição.

Na cifra isso fica mais livre, porém não quer dizer que devemos tocar de qualquer jeito e é aí que entra o bom trabalho de inversão de acordes.

Leia também: A forma correta de estudar escalas para teclado e piano.

Vamos conhecer as inversões?

#4 Como Fazer Inversão de Acordes No Teclado: Os Tipos.

Acompanhe os exemplos com o acorde de C.

➡ Fundamental

Já falamos sobre a posição fundamental que acontece quando a nota, que dá nome ao acorde, é a primeira entre as notas do acorde.

Inversões de acordes

Inversão de Acordes – Fundamental

 ➡ 1º Inversão

A primeira inversão é caracterizada pela 3ª(terça) maior (neste caso falamos do E) ser a primeira notinha no acorde.

Veja exemplo abaixo:

primeira inversão do acorde de dó

Inversão de Acordes – 1ª Inversão

 ➡  2º Inversão

A segunda inversão é caracterizada pela 5ª (quinta) justa ( estamos falando do G) ser a primeira notinha no acorde.

Veja exemplo abaixo:

Inversões de Acordes

Inversão de Acordes – 2ª Inversão

Vamos praticar!

Exercício de Acorde Invertido em Tríades: Como Fazer Tríades Invertidas na Prática

  • Do meio para extremidades

Você fará os exercícios com as duas mãos fazendo os acordes na fundamental, indo até a segunda inversão e voltando para fundamental.

Tudo isso do centro para as extremidades igual o exemplo abaixo.

Faça isso para os 12 acordes naturais maiores e 12 acordes naturais menores. Somente em tríades para começar a conversa.

Faça nesse ciclo: C, G, D, A, E, B, F#, C#, F, Bb, Eb, Ab, Am, Em, Bm, F#m, C#m, G#m, D#m, A#m, Dm, Gm, Cm, Fm.

Exemplo em C:

Inversão de acordes

Inversões de Acordes

Fique atento aos dedos corretos para fazer este exercício o que vai mandar é a sua dedicação e treino.

Faça bastante as inversões de todos os acordes no teclado.

Mais detalhes sobre harmonia musical

Você já começou a estudar inversão de acordes?

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!