Indicação de curso violão do zero

Por que não consigo tocar um instrumento? É uma pergunta que ouvi muitas vezes nos meus mais de 15 anos de músico. Te faço essas duas perguntas agora:

Está frustrado por não conseguir tocar? Pensando em desistir?

Saiba que a frustração de achar que você não conseguirá tocar o seu instrumento não pode fazer você desistir! 80% dos iniciantes desistem por não seguir os passos corretos.

Felizmente, é possível se manter motivado nos ensinos de teoria musical e ao mesmo tempo na prática do seu instrumento.

Assuntos como intervalos musicais, escalas e campo harmônico podem ser emocionantes se você aliar bem a teoria com a prática correta.

Mais detalhes sobre harmonia musical - Por que não consigo tocar um instrumento?

Existe uma maneira de continuar e se motivar na música?

Eu já estudei em cursos, com vídeo aulas, com apostilas, por conta própria e digo: ir para uma escola de música é excelente e estudar em casa também.

Por experiência própria, te falo que É POSSÍVEL SIM você se motivar e alcançar o seu objetivo fora ou dentro de casa. Vamos ver como avançar na música dentro daquilo que você quer ao tocar um instrumento.

Posso te adiantar que o maior motivo que faz um iniciante parar, por não conseguir tocar seu instrumento, não é a fonte de estudo (desde que seja de qualidade).

Separei 5 princípios fundamentais e perfeitos de evoluir para tocar seu instrumento com um desempenho estrondoso.

5 princípios para conseguir tocar seu instrumento musical

Já parou para pensar os motivos que te levaram a se perguntar: Por que não consigo tocar um instrumento?

Com toda a certeza vamos identificar esses motivos em um ou mais princípios que vamos ver agora.

#1 – Estou com pressa!

Você provavelmente tem uma referência ou ídolo, não é? Essa pessoa tem muito mais tempo de música do que você, ele(a) se dedicou anos e anos, e garanto a você que aprende até hoje.

Não tenha pressa, até mesmo quem vive de música tem como diversão o ato de estudar.

Faça o seguinte: filme ou grave um áudio tocando seu instrumento musical, seja tocando uma música ou apenas treinando um dedilhado. Faça isso novamente daqui a um mês e compare.

Se você se dedicou um pouquinho de tempo todo dia ou quase todo dia vai perceber claramente uma evolução. Faça essa experiência quantas vezes quiser.

Dessa forma você controla a ansiedade e a pressa não será mais problema porque você está percebendo que vai alcançar o seu objetivo.

#2 – Estou desmotivado por saber que terei que lutar para alcançar.

O início do aprendizado assusta muitos iniciantes, dificuldades aparecem a cada dia de estudo, posição dos dedos e das mãos, chatos e complexos exercícios e teorias são um dos fatores desestimulantes para o aluno.

Infelizmente você AINDA não vai conseguir tocar aquela música que ama nos primeiros dias e se você se conscientizar disso vai retirar um enorme peso dos ombros.

→ Estabeleça premiações para você, quando alcançar um objetivo em algum exercício ou quando conseguir tocar uma música.

Pense naquilo que você queria estar fazendo enquanto está tentando e treinando tocar seu instrumento. Premie-se! FAÇA!

Eu uso listas e tabelas para acompanhar minha evolução. Falando nisso, vou deixar para você baixar uma tabela simples para poder acompanhar seu desenvolvimento aqui em baixo.

Clique aqui e baixe gratuitamente! Evolução Geral na Música.

#3 – Não consigo tocar um instrumento por não ter tempo para estudar.

Nossa… realmente essa do tempo é difícil. Vamos pensar o seguinte, qual o seu objetivo na música?

→ Primeiro, avalie o que você está fazendo que está tornando alguma parte do seu dia improdutivo. Se você descobriu, organize isso.

Pense assim: Se eu dedicar mais tempo ao instrumento menos tempo improdutivo terei. E isso não serve só para a música.

Para qualquer objetivo é necessário organizar seu tempo. Dependendo do seu objetivo, você distribuirá seu tempo da melhor forma.

Eu também tive e tenho que até hoje, organizar sempre da melhor forma meu tempo. Quanto mais nós tocamos menos estudamos.

Eu costumo dizer aos meus alunos que 20 ou 30 minutos por dia é muito melhor que estudar 1 dia e passar 4 sem estudar. Portanto, se você trabalha ou estuda não permita que a música atrapalhe isso.

Organizar o tempo vai fazer com que o estudo da música eleve sua performance em todas as áreas da sua vida. Música é isso!

Post com detalhes aprender violão - Por que não consigo tocar um instrumento?

#4 – Me sinto vencido pelo desanimo por não alcançar os resultados e por isso não consigo tocar um instrumento.

Em algum momento você deve ter se deparado com esta dificuldade, pode ser na primeira aula, em casa praticando ou num estudo avançado.

Já passei por isso tantas vezes que perdi a conta. Sabe qual é o lado positivo disso? Eu fiquei bom em contornar isso. Vou te contar…

Quando eu tinha dificuldade de tocar uma escala em uma certa velocidade no metrônomo eu simplesmente parava e ia para a próxima escala da lista. Depois eu voltava e acredite, eu conseguia fazer na maioria das vezes.

Muitas vezes eu simplesmente parava de tocar e ia fazer qualquer outra coisa e na maioria das vezes eu conseguia desvendar o mistério de um exercício ou música que estava tirando de ouvido sem estar no teclado.

→ Pare de fazer esta tarefa e faça outra, depois volte e tente novamente. Uma alternativa é diminuir a velocidade, faça mais devagar e depois tente novamente.

É simples, se você treina vai acabar conseguindo! Mesmo que pareça não estar evoluindo, na verdade está sim. Em um momento ou outro a evolução pode variar no tempo.

Portanto, saiba que o avanço em tocar um instrumento não é constante.

#5 – Por onde eu começo? E depois?

Vamos partir do princípio que você já escolheu o instrumento e já decidiu seu objetivo. O próximo passo é escolher como vai estudar, escola de música ou por conta própria?

Para quem estuda ou vai estudar na escola de música tem a grande vantagem de seguir um planejamento definido por seu professor esse passo a passo é o que te dará a base correta.

Para quem vai estudar por conta própria, é comum o aluno escolher uma área para estudar e fazer isso aleatoriamente. Isso é normal, não se condene.

Porém, tenha cuidado para não se perder.

Eu sugiro que você pesquise bastante tudo que for relacionado ao nível básico do seu instrumento musical e teoria musical.

Normalmente, iniciamos com dedilhados em exercícios básicos, depois trabalhamos escalas, formações de tríades, arpejos, pequenas músicas ou trechos e isso em tonalidades fáceis.

Por exemplo, pense somente em Dó (C).

Seu exercício básico, sua escala, a formação do acorde, o arpejo e uma pequena música serão em Dó (C).

Dessa forma seu crescimento será gradual e correto.

Agora a Dica de Ouro…

Esta dica importantíssima é o Feedback do seu professor, amigos e familiares. Pergunte a eles sobre os pontos onde você deve melhorar. Dessa jeito, seu caminho estará sempre em direção ao seu alvo.

Para quem estuda sozinho coloque uma coisa em mente, seu som deve soar agradável sempre. Isso é um indicador de que está no caminho certo.

Quer outro conselho? Não se preocupe com velocidade e sim qualidade.

→ Pergunte aos seus familiares e amigos sobre o que eles estão achando do seu som.

Peça para serem bem sinceros. Isso te fará crescer muito.

Bom… esses são os passos. Se você aplicar saiba que estará no caminho certo. Aproveite para comentar com seus familiares e professores.

O apoio neste momento é essencial!

A partir de agora você já jamais irá se perguntar: Porque não consigo tocar um instrumento? Você dirá: Incrível! Estou conseguindo tocar meu instrumento.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!