O que é Vibrato Vocal? Como fazer Vibrato na Voz?
Indicação de curso violão do zero

Por acaso, você saberia me dizer o que é vibrato vocal? Creio que há cantores amadores e alguns profissionais, que sabem o que é vibrato na voz, mas não sabem, de fato, como fazer vibrato vocal.

Essa técnica consiste em você, basicamente, vibrar a voz. Ou seja, qualquer um cantor, profissional ou em desenvolvimento, consegue efetuar o vibrato vocal, se praticar diariamente e seguir as nossas dicas.

Muito provavelmente, você vai conseguir desenvolver o vibrato vocal mais rápido se realizar um curso de canto online. Pois, você vai ter acesso a técnicas exclusivas que vão fazer você decolar na área musical.

O que é Vibrato Vocal no canto?

O que é Vibrato Vocal no canto - O que é Vibrato Vocal? Como fazer Vibrato na Voz?

O vibrato vocal é um enfeite na música! A caracterização do vibrato na voz, baseia-se em ondulações regulares na frequência e na potência vocal, podendo ser praticada em qualquer tipo de classificação vocal.

Vale ressaltar que as ondulações na frequência, acontecem na laringe. E as ondulações na potência, acontecem no diafragma.

É importante deixar claro que, o vibrato vocal é uma técnica que você desenvolve com um tempo, ninguém nasce sabendo aplicar o vibrato na voz. E também, essa técnica serve como um adorno na música.

Se você ainda não domina-a, não se preocupe, isso não te fará um(a) cantor(a) com menos qualidade.

O importante é que, se você quiser se aprofundar e se especializar na música, você deve treinar diariamente para atingir o ápice na qualidade do vibrato vocal.

Tipos de vibratos vocais

Há dois tipos diferentes de vibratos na voz. Que são os:

Vibratos Laríngeos

São variações que são feitas na laringe. Elas são relacionadas, diretamente, com ondulações nas notas musicais. São, normalmente, usadas em ritmos Pop, Jazz e Blues.

Vibratos Diafragmáticos

São variações que ocorrem com a pressão de ar no diafragma. Devido a isso, essas ondulações fazem com que o vibrato vocal ocorra pelo volume.

Quando você consegue atingir um bom vibrato vocal, você passa a dominar mais um dos pilares vocais.

Aproveite para ler também nosso material sobre timbre de voz.

Como fazer vibrato vocal na hora de cantar

De fato, para que você possa realizar o vibrato vocal, tanto o laríngeo, quanto o diafragmático, você vai precisar dominar o controle da respiração.

O curso Os Pilares do Canto é excelente para aprender a cantar e treinar essas técnicas como um profissional.

Outro fato que é bem importante para uma boa realização do vibrato na voz, é a sustentação da nota ao cantar.

Siga essas dicas valiosas, treine diariamente e tenha foco nos exercícios.

Realize o aquecimento vocal correto. Se você não sabe como aquecer a voz da maneira correta, visite nosso post e se especialize ainda mais!

Após aquecer a voz, é necessário que você relaxe seus músculos da cavidade laríngea.

NÃO PRATIQUE DEITADO!

Você deve praticar os treinos de vibrato vocal sempre em pé e com postura, para que o seu diafragma não seja pressionado..

Controle sua respiração para que não haja falta de potência ao realizar o vibrato na voz.

Ao cantar, evite com que o som saia pelo nariz, tendo com isto, um som nasal. O som deve sair, completamente, pela boca.

Whitney Houston era um ícone no vibrato vocal.

Você pode chegar lá, mas vá com calma… No aprendizado, as oscilações precisam ser leves e curtas.

A naturalidade é tudo! Ao realizar o vibrato vocal na nota, transmita naturalidade, e não, algo mecanizado.
Acredite no seu potencial! Você pode, você quer, você consegue!

Treine diariamente. A prática do vibrato vocal leva a perfeição.