Indicação de curso violão do zero

Você já sentiu diversas sensações escutando músicas não é mesmo? Nós temos um amigo que ajuda a proporcionar esses sentimentos, e a harmonia funcional.

Sabe aquele último acorde onde a gente termina uma música?

Normalmente, é igual ao primeiro acorde tocado na mesma música e você pode sentir, ouvindo ou tocando, que a música tem a sensação de descanso ou término proporcionado pelo amigo função harmônica, assim que tocamos o último acorde da canção.

Temos também aquele acorde que quando a gente toca ou escuta, causa um sentimento de que esta faltando alguma coisa depois dele.

Esses sentimentos são provocados pela combinação de notas musicais e sequências de acordes que vamos ver quando falarmos de funções aqui.

Agora vou te contar o segredo, essas sensações acontecem quando nos utilizamos dos benefícios das funções harmônicas presentes nos acordes dentro dos campos harmônicos.

Vamos juntos aprender mais sobre Harmonia Funcional?

Mais detalhes sobre harmonia musical - Harmonia Funcional: O Que É e Como Entender Fácil Esse Ingrediente Musical Secreto

O Que É Harmonia Funcional?

A harmonia funcional, é o estudo das sensações que um conjunto de notas causa em nós através da sua aplicação em alguma música.

Tem mais relação ainda com a sequência como são tocadas esses conjuntos de notas numa harmonia.

Para compreender mais sobre o assunto, conhecer sobre os intervalos musicais é fundamental.

A formação das tríades e o conceito de campo harmônico também faz parte desse universo.

Se você ainda precisa aprofundar o conceito nessas áreas, sugiro ir direto para nosso material sobre teoria musical.

Vamos entender agora um pouco sobre as funções e depois vamos ver campo harmônico.

Quais as Sensações Que As Funções Harmônicas Transmitem?

Harmonia Funcional e as Sensações e1532734885695 - Harmonia Funcional: O Que É e Como Entender Fácil Esse Ingrediente Musical Secreto

Um exemplo fácil, bem iniciante e prático do estudo da harmonia funcional é tocar a seguinte sequência de acordes:

Em  –  A7  –  D

Experimente também essa sequência de acordes substituindo somente o Em pelo G (IV Grau):

G  –  A7  –  D

A Sensação da Função Tônica (1º Grau)

Com certeza você notou que o acorde D causou uma sensação de conforto, descanso ou até mesmo de fechamento.

Isso é provocado pela função tônica que esse acorde exerce dentro do campo harmônico e também pela sensação de tensão provocada pelo acorde de 5º grau com sétima executado anteriormente.

A Tônica é o 1º Grau do Campo Harmônico Maior que será sempre um acorde maior.

Normalmente, podemos classificar a Tônica como tom de uma música.

A Sensação da Função Dominante na Harmonia Funcional (5º Grau)

Agora, vamos repetir as duas sequências de acordes novamente só que desta vez não toque a Tônica, que neste caso é o D. 

Agora você perceberá que ao invés do sentimento de descanso ou repouso, o acorde executado gerou uma sensação de que está faltando algo, ou sensação de tensão durante o Acorde A7.

Essa sensação é da função dominante presente no 5º grau do Campo Harmônico.

As funções estão presentes para causar sensações na gente quando escutamos alguma música.

A Sensação da Função Subdominante (4º Grau)

A função subdominante foi representada pelo Em e pelo G. Estes acordes que estão no mesmo campo harmônico de D possuem a mesmo função.

Basicamente eles preparam para chegada da função dominante.

O subdominante não tem o mesmo “peso” nas sensações com relação a dominante e a tônica. Mas são essenciais como acordes de passagens.

Quem já viu um campo harmônico vai perguntar agora: mas e os outros acordes? Temos 7 acordes num campo harmônico.

Você está certo, mas antes da gente completar essa informação vamos tocar no assunto do Campo Harmônico rapidamente.

O Poder do Estudo do Campo Harmônico na Harmonia Funcional

Nosso amigo campo harmônico está aí pra ajudar a gente a entender melhor a harmonia funcional. Ele agrupa essas funções se aproveitando de 7 acordes.

Esses 7 acordes fazem parte desse campo e podem ser classificados em graus.

I – II – III – IV – V – VI – VII

Vou deixar aqui para você algumas informações interessantes:

  • O acorde de tônica também dá o nome para o campo harmônico correspondente;
  • Existe um padrão para montar qualquer campo harmônico;
  • A função dominante forte será sempre o 5º grau;
  • A função dominante fraca será sempre o 7º grau meio diminuto;
  • A função subdominante forte será sempre o 4º grau;
  • A função subdominante fraca será sempre o 2º grau menor;
  • Existem outras funções tônicas de menor intensidade: 3º grau menor e 6º grau menor. 

Aqui está o campo harmônico maior (leia da esquerda para direita):

Funções Harmônicas e o Campo Harmônico Maior - Harmonia Funcional: O Que É e Como Entender Fácil Esse Ingrediente Musical Secreto

Olhando para o campo harmônico você vê de cara os 7 acordes e as sequências de acordes que compõe cada tonalidade.

Perceba, que a tônica (1º Grau) da o nome ao seu campo harmônico, por exemplo, onde começa com o A da esquerda para direita são os 7 acordes do campo harmônico de A.

Para fechar este assunto a imagem seguinte você vai ver a classificação das funções junto com cada acorde:

Campo Harmônico Maior Com Suas Funções - Harmonia Funcional: O Que É e Como Entender Fácil Esse Ingrediente Musical Secreto

Essa tabela de campo harmônico está bem completa, falando nisso vou deixar um material em pdf aqui para você poder baixar tudo bem?

>Baixe o Arquivo em PDF: Campo Harmônico e Suas Funções Harmônicas Clicando Aqui!<

Tem um artigo aqui no site que falo mais a respeito do campo harmônico, para ler clique aqui.

Vamos voltar para a harmonia funcional novamente agora.

Post com detalhes aprender violão - Harmonia Funcional: O Que É e Como Entender Fácil Esse Ingrediente Musical Secreto

Estudar Harmonia Funcional Primeiramente Com o Ouvido

O estudo da harmonia funcional pode te auxilar em vários momentos na música e nos seus estudos.

Penso que tirar uma música de ouvido é um dos pontos principais para quem está começando.

Seguem os passos:

  • Toque novamente as sequências de acordes que falamos lá em cima;
  • Escute uma música e tente perceber somente ouvindo a ação da função dominante e da função tônica;
  • Anote o minuto e o segundo do momento em que você conseguir identificar as funções;
  • Tente tirar de ouvido esses trechos utilizando a tabela aqui do artigo ou o pdf; 

Antes de terminar preciso fazer uma observação, pode ser que você confunda o fato de no 7º grau eu ter usado um acorde meio diminuto ao invés do diminuto.

Não tem problema algum o fato de ter considerado ele.

Você vai ver alguns campos harmônicos em que o 7º grau é diminuto porque o acorde do 7º grau no campo de tríades é diminuto.

No campo harmônico de tétrades você verá o meio diminuto. Só adiantei as coisas um pouco.

E você, já havia estudado harmonia funcional antes?

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!